quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Hades



Pai (s) CronosReia
Irmão (s) Hera, Deméter, Héstia, Posidon, Zeus
Casado (s) Persefone

Hades

Hades Deus do mundo inferior e dos mortos.
Hades é conhecido por ter raptado a Deusa Perséfone filha de Deméter.

O Governante do Mundo dos Mortos divide com outras Divindades, o trabalhos de cuidar dos Mortos! Divide com Tânato, Deus da Morte, e as Queres, Espíritos Femininos da Morte Violenta.

A derrota de Cronos na Titanomaquia, deu-se com o uso das três armas: Hades, invisível com seu elmo, roubou do pai suas armas, e enquanto Posídon o distraía com o tridente, Zeus o fulminou com seus raios.

Hades casou com Perséfone, filha de sua irmã Deméter, e que ao seu lado tornou-se a Rainha dos Mortos. O casal não teve filhos.
A luta entre os Deuses e os Gigantes, Tifão, Briareu, Encélado e outros, após terem sido aprisionados no Etna, os cataclismos provocados por suas lutas pela liberdade fizeram com que Hades temesse que seu mundo fosse exposto ao Sol.
Então, a fim de verificar o que estava se passando, finalmente Hades decide sair de seu reino, montado em seu carro de Corces Negros.

Afrodite e Eros, estavam sentados naquele momento no Monte Érix! Afrodite desafiou Eros a lançar suas flechas no Deus solitário, quando, por ali, a filha de Deméter transitava no vale de Ena.
Flechado pelo Amor, Hades rapta a bela sobrinha que, apavorada, clama por socorro à mãe e suas amigas, mas sem terem como reagir, acabaram só olhando. Hades excita os cavalos a fugirem o mais depressa possível até que chegaram ao rio Cíano, que se recusou a dar-lhe passagem! O Deus então feriu-lhe a margem, abrindo a Terra e criando uma entrada para o Tártaro.

Deméter parte numa busca inútil à filha, indo de Eos a Aurora, até as Hespérides no poente. Em sua peregrinação salva um menino, a quem incumbe de ensinar a agricultura aos homens.

Desesperançada, vai até à margem do mesmo rio Cíano onde a filha fora levada. A ninfa que ali habitava fica oculta, temendo represálias do Deus dos Infernos, mas deixa fluir sobre as águas a guirlanda que Perséfone derrubara ao ser levada. Ao vê-la a Deusa se revolta, culpando a terra por seu sofrimento! A maldição que lança provoca a infertilidade do solo e a morte do gado.

Vendo a desolação provocada pela vingança da Deusa, a Ninfa Aretusa resolveu interceder.
Procura por Deméter, e conta sua história de como fora perseguida por Alfeu, no curso do Rio de mesmo nome, e ajudada por Artêmis, que lhe abrira um caminho subterrâneo para a fuga até a Sicília, viu então Perséfone sendo levada por Hades, ainda triste, mas já ostentando o semblante de Rainha do Mundo Inferior.
A Deusa vai até Zeus, pedir ajuda! E Zeus decreta que se Persefone, não engerir nenhum alimento do Sub-Mundo, ela poderá retornar! Se Persefone engerir algum alimento do Mundo Inferior, as Moiras não deixaram ela voltar.
Hérmes e uma das Horas são enviados até Hades como mensageiros de Zeus.

Hades aceita o trato de Zeus, mas o sábio Deus, oferece a Persefone uma Romã, ela come um pedaço, selando assim seu destino.
Apesar de ter a esposa para sempre presa ao Submundo, o Deus das sombras faz um acordo com a sogra, permitindo que Perséfone passasse uma parte do tempo ao seu lado e outra, com a mãe. Deméter concorda com o ajuste, e devolve à terra sua fertilidade.
Os monarcas Hades e Perséfone não apenas governavam as almas dos mortos, mas tinham o papel de juízes da humanidade depois da vida. Nisto eram auxiliados por três heróis que foram, em vida, reconhecidos por seu senso de justiça e sabedoria! Éaco, Minos e seu irmão Radamanto.

o tempo que Perséfone passa na terra junto à mãe, fazendo germinar e crescer as plantas, o equivalente à primavera e o verão em contrapartida, quando volta para Hades, tem-se o inverno, quando a Terra é forçada a sofrer uma morte temporária.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...